O consumo de álcool tem sido associado, por pesquisadores, ao risco aumentado de diversos tipos de câncer, incluindo o câncer de mama.

Cinco universidades espanholas e mais de 300.000 mulheres voluntárias participaram de um estudo europeu que confirmou que o consumo de álcool aumenta as chances de desenvolver câncer de mama. Este risco é quadruplicado com a ingestão diária de cada copo de vinho ou de cerveja.

Neste artigo, conheça mais a fundo a relação entre o consumo de álcool e o risco de desenvolver câncer de mama, as evidências consistentes que apontaram esta relação e qual o limite de álcool considerado seguro por especialistas.

Consumo de Álcool e Risco de Câncer de Mama

Segundo os resultados do estudo europeu, o risco médio de uma mulher de ser diagnosticada com câncer de mama aumenta em 4% com a ingestão de 10 gramas/dia de álcool. Ou seja, a ingestão diária de um copo – ou menos –  de vinho ou de cerveja corresponde a um risco de 1%. No entanto, se aumentarmos a ingestão para dois copos diários de vinho ou cerveja, o risco sobe para 4%.

Nos últimos anos, uma série de pesquisas têm abordado a relação entre consumo de álcool e risco de câncer de mama. Na França, em 2000, 9,4% dos casos de câncer de mama foram atribuídos ao consumo de álcool. Já na Europa, no ano de 2002, 7,7% dos casos de câncer de mama (representando 28.300 casos) foram associados ao consumo abusivo de álcool.

O número de anos de exposição à ingestão de álcool também influencia no risco de uma mulher desenvolver câncer de mama. Assim, quanto mais tempo uma mulher for exposta ao consumo de álcool, maior o risco de que ela tem em desenvolver a doença, especialmente se o consumo de álcool começou antes de sua primeira gravidez.

”O consumo de álcool é um fator de risco de câncer de mama que pode ser alterado por uma decisão pessoal de adotar hábitos saudáveis. As mulheres devem ser avisadas sobre a possibilidade que elas têm de controlar esse fator”, afirma o mastologista Carlos Del Roy, CRM-SP 62.224.

De Que Forma o Consumo de Álcool Aumenta o Risco de Câncer de Mama?

O consumo de álcool pode aumentar os níveis de estrogênio no organismo das mulheres, e isto pode influenciar fortemente no desenvolvimento de câncer de mama, uma vez que trata-se de um hormônio com atuação importante no crescimento e desenvolvimento do tecido mamário.

Além disso, o álcool pode reduzir a capacidade do organismo de absorver o ácido fólico dos alimentos. O ácido fólico é uma vitamina do complexo B, essencial para a manutenção das células saudáveis do corpo. À medida que o teor desse organismo diminui no organismo, o risco de câncer de mama aumenta. Este risco pode ser especificamente maior em mulheres que apresentam deficiência de ácido fólico na alimentação.

Além dos efeitos diretos provocados pelo álcool no organismo, o consumo abusivo pode adicionar calorias extras na sua dieta, contribuindo com o ganho de peso. O excesso de peso configura um fator de risco para diversos tipos de câncer.

Álcool e Risco de Câncer de Mama – Limite de Consumo

O limite de consumo de álcool, considerado seguro por especialistas, é de até dois drinques diários para homens e um drinque para mulheres (representando 20 e 10 gramas de álcool por dia, respectivamente). Esta diferença ocorre em função da dimensão do corpo feminino, que é menor em comparação ao masculino, e também porque o organismo da mulher decompõe o álcool mais lentamente. O consumo de álcool além desse limite já é considerado excessivo e pode aumentar o risco de câncer de mama nas mulheres.

Reduzir a ingestão de álcool é uma excelente estratégia de prevenção contra o câncer de mama, e pode te prevenir de diversos outros de problemas de saúde, incluindo outros tipos de câncer, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral e dependência (alcoolismo).

Para mais recomendações acerca da prevenção do câncer de mama, marque uma consulta e deixe-nos ajudar.

Artigo publicado em: 15/12/2015.

Artigo atualizado em: 07/03/2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agendar uma Consulta.
Escanear o código
Olá
Podemos ajudá-lo?